Fascículo Chemicus -Fasciculus Chemicus


Da Wikipédia, a enciclopédia livre
Frontispício do Ficheiro Chemicus

Fascículo Chemicus ou Alquímico Collections. Expressando o Ingress, Progresso, e Egress, do Segredo Hermetick Ciência fora dos autores escolhidos e mais famosos é uma antologia de alquímicos escritos compilados por Arthur Dee (1579-1651) em 1629, enquanto residente em Moscou como médico-chefe ao Czar Michael I da Rússia .

Fascículo Chemicus foi revisto por Dee em algum momento entre 1631 e 1633 e traduzido do latim para o Inglês por Elias Ashmole em 1650 sob o pseudônimo anagramática de "James Hasholle" (por substituição da letra J para I). Arthur Dee no entanto, estava descontente com a tradução de Ashmole, e escreveu-lhe:

Lamento que você ou qualquer homem deve tomar cuidado para traduzir qualquer livro do que a arte para o Inglês, para a arte é vilipendiado tanto já por estudiosos que fazem diariamente ridicularizam-lo, no que diz respeito eles são ignorantes dos princípios. Como, então, pode-lo de forma alguma ser avançado pelo vulgar? Mas, para satisfazer a sua pergunta, você pode ser resolvido que aquele que escreveu prefácio de Euclides era meu pai. O 'Ficheiro', confesso, era meu trabalho e trabalho.

Principais fontes de Arthur Dee em sua antologia alquímico incluir Petrus Bonus , John Dastin , Gerhard Dorn , Raymund Lull e Michael Maier . Arthur Dee lista as etapas do opus alquímica em Ficheiro como em número de dez:

1. Natural Matéria 2. Preparação 3. Peso em preparação 4. Fogo do filósofo 5. A Ascensão ou o nascimento da Pedra 6. Os pesos dos 2º Trabalho 7. Embebição 8. fermentação 9. Projeção 10. Multiplicação

Durante a década de 1650 um abrandamento das normas sobre o licenciamento de imprensas e o objecto de folhetos, panfletos e livros ocorreu na Inglaterra. Isto permitiu que as máquinas de impressão recentemente liberalizados do Protetorado de Oliver Cromwell para atender a temores e especulações do público lendo sobre o futuro da Inglaterra. As incertezas sociais engendradas pela trauma social da Guerra Civil , a execução do rei Charles I e o estabelecimento da Commonwealth e Protetorado, resultou em uma participação vigorosa em temas esotéricos durante a década de 1650 na Inglaterra.

A antologia de Dee estava na vanguarda de um interesse renovado na alquimia na Grã-Bretanha ao longo da década de 1650, a publicação lugar, sendo importante edição da literatura alquímica britânica de Ashmole, Theatrum Chemicum Britannicum (1652). Uma cópia manuscrita do Ficheiro Chemicus é listado como uma vez na Library of Sir Thomas Browne .

Referências

Fontes

  • Chemicus fascículo de Arthur Dee ; traduzido por Elias Ashmole; editado por Lyndy Abraham. Publicado por Garland Press, NY, Dezembro de 1996.

links externos